Loirinha rebola gostoso no pau do amante safado – 38 sec Goza pra mim, minha putinha, goza na boca do seu macho, sua gostosona.- Dizia ele enquanto eu travava sua cabeça entre minhas coxas entre espasmos mas ele continuou com a boca em minha xoxota. Depois me colocou sentada na beira da mesa novamente e me beijou apaixonadamente. Pude sentir o gosto de minha boceta em sua boca.Loirinha rebola gostoso no pau do amante safado
– Vou comer você agora.- Falou ele desabotoando a calça e tirando-a. Pela primeira vez eu via seu pau, era enorme, grosso e com uma cabeça redonda toda vermelha. Então eu o segurei e senti como estava duro.
Sem dizer nada, ele a encaixou em minha fendinha e foi forçando a entrada que, apesar de molhada, oferecia resistência. Me arrepiei toda.
– É muito grandeeeee! Devagar, por favor. – Falei cheia de medo.
– Calma querida. Devagar ele entra inteirinho. O do Claudio não é deste tamanho né…. – Falou ele entre gemidos.
– Não é nem a metade desta tora.
Senti cada centímetro daquele membro se atolando em mim, com toda aquela grossura me preenchendo toda, se apertando entre as paredes da vagina que se fosse colocado com violência causaria dor, mas com carinho como ele estava fazendo proporcionavam um prazer indescritível.
– Que boceta apertadinhaaaa….- Fala ele quase gozando. Então, ele me beijou e começou a se movimentar lentamente num gostoso vai e vem invadindo minhas entranhas deliciosamente, enquanto eu me agarrava a ele gemendo feito doida.
– Tá gostoso, né minha putinha.
– Tá…. uma delicia… assim, me come.- Falei em completo delírio experimentando um orgasmo após o outro.
Marcos me segurou forte enquanto eu o envolvi com minhas pernas em torno de sua cintura e, sem tirar seu membro de dentro de mim, caminhou me levando para a cama onde passou a me comer na posição papai e mamãe. Em completo êxtase, eu sentia aquele homem indo fundo dentro de mim com movimentos cada vez mais rápidos até que gozou dentro ejaculando uma quantidade enorme de porra lá no fundo para, em seguida quedar-se exausto sobre mim. Eu o abracei e ouvi sua respiração sôfrega enquanto sentia seu pau murchando ainda dentro da boceta. Logo em seguida, ele deitou-se a meu lado e cochilei naquele sono gostoso de depois da transa. Loirinha rebola gostoso no pau do amante safado

Category: amador