Trans babe banged by two cocks – 8 min
com o cu piscando de desejo de ter uma rola grande e grossa entrando arrombando seu cu.
Eu esta assim e não queria que fosse com uma pessoa estranha não confiável.
Meu cu queimava de desejo, meti meu companheiro grande e grosso em mim, mais só serviu para aumentar ainda mais meu tesão porque desejava um caralho cheio de nervo, queria sentir os movimentos de entrar e sair ate explodir de gozo dentro de mim.
Consultei minha agenda telefônica, e telefonei para algumas pessoas e nada, ate que telefonei para Leila que me atendeu com o carinho de sempre e muito atenciosa, perguntei se eu podia ir ate seu apartamento, me disse que sim e falei que já estava indo.
Leila me falou que já deixaria avisado na portaria e era só subir, entrar porque a porta estaria aberta caso ela estivesse no banho.
Ao chegar fui autorizado a subir ate seu apartamento com a porta realmente aberta, entrei, fechei a porta e chamei por ela.
Ouvi ela me chamar de amore e que estava no banho, fui ate o banheiro com a porta aberta e a vejo em baixo da ducha de cacete duro.
Olhei aquele caralho duro e saboroso, tirei minha roupa e cai de boca em seu caralho, chupei gostoso colocando o que cabia dentro de minha boca e tirava.
A masturbei com minha boca do jeito que ela gostava, passando a mão no seu saco e enfiando o dedo no seu cu.
Fiz isso por alguns minutos ate sentir ela jorrar sua porra grossa dentro de minha boca.
Nossa que delicia beber porra direto da fonte, seus jatos foram fortes e abundante que bebi tudo com prazer.
Sai do banheiro acompanhado por Leila e fomos para seu quarto conversar e namorar um pouco.
Disse a ela que meu cu estava piscando e louco para receber um caralho gostoso dentro dele, não era para piedade comigo e foder com força e vontade mesmo. Queria naquela noite ser sua fêmea e currada como uma putinha como eu merecia.
Nos abraçamos, beijamos tocando nossos cacetes, Leila mamou meu caralho e não me deixou gozar, ficou passando sua mão na minha bunda com seu dedo forçando meu cu.
Eu estava uma bicha fora de controle pedindo para ela foder logo meu cu.
Mais Leila fazia questão de judiar de mim, passava sua língua no meu cu, metia seu dedo dentro dele comigo rebolando e gritando como uma louca no cio.
Quando ela sentiu que eu estava ficando realmente desesperado para ter seu caralho dentro de mim, ela com muito carinho ficou passando ele na entrada , forçava meu cu como se fosse me foder.
Eu rebolava como louca, fiquei mais louca e fora de mim, quando senti a cabeça do seu caralho entrar no meu cu.
Ai eu gritei sem medo ou pudor como uma bicha louca, seu caralho entrou aos poucos dentro de mim me fazendo sentir cada cm que entrava.
Ai foi só rebolar muito naquela pica deliciosa fazendo ela também gemer de prazer.
Seus movimentos que eram cadenciado, se tornaram movimentos rápidos quase sem controle com muitos gritos e palavrão, tapas, arranhões sem se preocupar com vizinhos.
Nossa, eu rebolava e contraia o que conseguia do meu cu, sentia o caralho entrando e saindo rápido com nós duas entregue ao prazer.
Fortes metidas e suas unhas cravam minha costa, senti seu caralho todo dentro de minha bunda, um grito me chamando de sua puta, piranha , viado e sua porra foi despejada dentro de minha bunda.
Eu também gozei me masturbando e nos sentimos realizadas, ela por ter fodido meu cu e eu por ter deixado ela apagar meu fogo.
REALMENTE NÃO TEM NADA MELHOR QUE DEIXAR TE FODEREM QUANDO SEU CU PISCA DE TESÃO E DESEJO POR UM CARALHO.

Category: caiu na net